sexta-feira, setembro 06, 2013

PAVÊ DULCE DE LECHE

Ingredientes:
Para o recheio:
Biscoitos champagne, 20 unidades
Doce de leite, 300 g
Chocolate granulado, a gosto
Para o creme de baunilha:
Leite, 2 xícaras
Leite condensado, 1 xícara
Amido de milho, 1 colher cheia (sopa)
Gemas, 4 unidades
Extrato de baunilha, 1 colher (sopa)
Para o chantilly com claras:
Claras de 4 ovos
Creme de leite fresco, 200 ml
Açúcar, 40 g
Modo de preparo:
Creme de baunilha
Em uma panela, ferva o leite, o leite condensado e a baunilha
Adicione as gemas misturadas com o amido de milho e deixe cozinhar em fogo baixo, sempre batendo, até engrossar.
Chantilly com claras
Bata as claras com a metade do açúcar até o ponto de neve.
Separadamente, bata o creme de leite fresco com a outra metade do açúcar até o ponto de chantilly.
Agora, misture os dois, delicadamente.
Montagem
Em uma taça grande, coloque uma camada do creme de baunilha no fundo, biscoitos champagne por cima e, sobre eles o doce de leite batido (até amolecer).
Cubra com mais um pouco de creme de baunilha e finalize com o chatilly. Polvilhe chocolate granulado e sirva.

quinta-feira, setembro 05, 2013

LAGARTO COM MOLHO FERRUGEM


Essa receita de Lagarto ao molho ferrugem eu costume dizer que é uma receita 2 em 1, serve tanto para servir como prato principal, bem como para o lanche da noite. Fatio bem fininho na faca e deixo para servir o molho à parte. Como ele rende bastante, com o que sobrou do almoço eu aproveito e preparo um molho vinagrete bem temperadinho, deixo marinar na geladeira, e a noite sirvo com pãozinho como opção de lanche. Aqui em casa todo mundo adora!!! Por sinal esse aí da foto foi preparado hoje no almoço....isso quer dizer que hoje a noite vai ter lanche!!!




Ingredientes:

1 peça de lagarto de 1,2 kilos aproximadamente
200 gramas de bacon em cubos
1 cebola pequena bem picada
1 colher de sopa de óleo de milho
2 colheres de sopa de manteiga
2 cubos de caldo de costela
3 colheres de sopa de molho shoyo
sal e pimenta do reino a gosto para temperar
água quente suficiente para cobrir a carne

Modo de preparo:

Tempere a carne com sal e pimenta do reino a gosto e reserve.

Em uma panela de pressão coloque o óleo e manteiga e deixe aquecer bem.

Frite a carne até que fique bem douradinha.

Acrescente na panela o shoyu, o caldo de costela e coloque a água já quente até cobrir.

Em uma frigideira à parte frite os cubos de bacon até que doure e em seguida a cebola até murchar.

Despeje a mistura de bacon e cebola sobre a carne, tampe a panela de pressão, e deixe cozinhar por aproximadamente 1 hora ou até que a carne fique bem macia.

Retire a carne da panela e reserve para fatiar só depois que esteja fria senão ela desmancha toda.

Enquanto a carne esfria leve a panela ao fogo para reduzir o molho que restou. Ferva o molho até que ele reduza e fique mais encorpado.



Fatie a carne na faca, o mais fininha que conseguir.

No prato de hoje eu aproveitei e coloquei batatas cozidas no molho da carne para servir.

Sirva o molho separadamente.






PAVÊ DE GOIABADA COM MASCARPONE


Ultimamente não tenho tido muito tempo para postar as minhas receitas no Blog...os meus arquivos estão um tanto acumulados, porém o que nunca deixo de fazer é encontrar um tempinho na agenda um tanto conturbada para preparar receitas novas pois a grande paixão da minha vida é cozinhar, é o momento que eu encontro para realmente relaxar!!! 

No almoço do dia dos pais, que por sinal não cozinhei porque fizemos churrasco, não me deixaram passar ilesa, rsrsrs, pediram que eu levasse as sobremesas. Resolvi testar e fazer duas receitas novas que estavam na fila a um tempo esperando. 

Hoje vou aproveitar que me sobrou a tarde livre e fazer aquilo que mais gosto, que é compartilhar com vocês as minhas experiências gastronômicas aqui no Delícias!!!

Como uma releitura do tradicional Romeu e Julieta fiz esse pavê de goiabada cascão com queijo mascarpone, o sabor realmente surpreende, não deixem de fazer!!!



Ingredientes:
1 Bolo pronto de baunilha

Para o creme:

Mascarpone, 500 g 
Cream cheese, 250 g 
1 fava de baunilha
Açúcar, 4 colheres (sopa) 
Essência de baunilha, 1 colher (café)

Para a goiabada Cascão

Goiabada cascão, 300 g 
Água, a gosto



Modo de Preparo:

Derreta a goiabada com a água, até derreter e ficar mais fácil de trabalhar.Reserve.

Em uma batedeira misture o mascarpone e o cream cheese, bata até ficar um creme homogêneo.

Abra a fava de baunilha ao meio e raspe o interior para retirar todas as sementinhas, incorpore as sementes a mistura da batedeira, acrescente açúcar e a essência de baunilha. Bata até homogenizar tudo.

Em um copo ou uma taça, coloque no fundo o creme de mascarpone.

Cubra com a goiabada.

Coloque pedaços do bolo, cubra com mais creme de mascarpone.

Finalize com um pouco mais de goiabada.

Você pode montar em uma taça grande daquelas de pé alto ou em copos de vidro para servir individualmente.



ROCAMBOLE DE BEIJINHO






Ingredientes:

Massa:

4 ovos
½ xícara (chá) de açúcar
½ xícara (chá) de farinha de trigo

Recheio:
1 leite condensado
1 pacote de coco ralado

Cobertura:
½ xícara (chá) de leite de coco
2 colheres (sopa) de açúcar
Coco ralado para polvilhar
açúcar de confeiteiro para polvilhar


Modo de preparo:

Massa: Em uma batedeira coloque os ovos, o açúcar e bata por aproximadamente 10 minutos ou até formar um creme fofo e claro. Vá acrescentando aos poucos a farinha de trigo, mexendo delicadamente com o auxilio de uma colher. Em uma forma untada e forrada com papel manteiga também untado, despeje a massa e leve ao forno médio pré-aquecido por aproximadamente 15 minutos ou até assar e dourar levemente.

Recheio: Em uma vasilha coloque o leite condensado, o coco, misture bem e reserve.

Montagem: Retire o bolo do forno, desenforme-o sobre um pano de prato umedecido e polvilhado com açúcar de confeiteiro. Espalhe bem o recheio sobre toda superfície do bolo. Enrole com o auxilio do pano e deixe esfriar.

Cobertura: Em uma vasilha coloque o leite de coco, o açúcar, misture bem e regue o rocambole. Polvilhe com o coco ralado. Leve à geladeira por aproximadamente 3 horas ou até gelar bem.

Dica:
Não deixe o bolo dourar muito, pois ela fica quebradiça e difícil de enrolar o rocambole


BOLO DE FUBÁ MOLHADINHO

Que tal começar o dia com um Bolo molhadinho de Fubá!!! O meu acabou de sair do forno, corre lá fazer o seu, é bem fácil!!! Faça do seu café da manhã um momento especial!!!



Ingredientes:

01 litro leite
03 xícaras de açúcar
04 ovos
02 colheres de sopa de margarina
01 xícara e meia de fubá
Meia xícara de farinha de trigo
50 gramas de queijo ralado
Meia xícara de coco ralado
01 colher de sopa fermento
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Modo de Preparo

Junte todos os ingredientes e bata no liquidificador
Asse por cerca de 50 minutos.
Se desejar polvilhe com açúcar de confeiteiro.


Divino!!!



quarta-feira, setembro 04, 2013

BOLINHO CREMOSO DE CHOCOLATE




Ingredientes:

250 g de chocolate meio amargo picado
1 xícara (chá) de manteiga sem sal
4 ovos
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de farinha de trigo

Modo de preparo:

Em uma vasilha coloque o chocolate, a manteiga e leve ao fogo em banho-maria até derreter o chocolate mexendo sempre. 

Em uma batedeira coloque os ovos, o açúcar, e bata bem, em seguida a farinha de trigo e bata mais um pouco até ficar um creme liso. 

Vá acrescentando aos poucos o chocolate, mexendo sem parar. 

Distribua a massa em forminhas com capacidade para ½ xícara de chá, untadas e enfarinhadas. 

Leve ao forno alto pré-aquecido por aproximadamente 8 minutos ou até assar. 

Retire do forno, desenforme e sirva ainda quente .

Se desejar prepare uma calda de chocolate a seu gosto para regar por cima.

Fica delicioso decorar com morangos!!!


OVOS POCHÊ (COMO FAZER)







Esse tipo de receita é tão fácil quanto fazer ovo mexido ou fritar da forma mais comum. Então, aprenda como ter mais uma variedade desse alimento dentro de casa.

Pegue a panela e adicione a quantidade medida de água, deixando ferver. Após o processo, adicione o sal e o vinagre.

Em uma vasilha separada, quebre o ovo dentro dela, despejando o mesmo, logo em seguida em cima da água fervente. 

O ovo deve ficar na panela por aproximadamente quatro minutos para gemas mais durinhas ou menos para mais mole. 

Você perceberá que a clara ficará bem branca, sem qualquer parte crua. 



Com a ajuda de uma escumadeira, retire o ovo, deixando a água escorrer. 

Termine de temperar com pimenta do reino a gosto.














FRANGO CROCANTE

Uma opção prática e saborosa para servir o filé de frango de uma maneira bem diferente!!!



Ingredientes:

½ kg de filé de frango
3 dentes de alho picados
Suco de 1 limão
1/3 xícara (chá) de cerveja clara
Sal a gosto
Farinha de milho o quanto baste
½ xícara (chá) de maionese
2 colheres (sopa) de queijo ralado
Óleo para fritar


Modo de preparo:

Em uma vasilha coloque os filés e tempere com alho, suco do limão, cerveja, sal e deixe descansar por alguns minutos. 

Em um liquidificador coloque a farinha e bata bem para desmanchar os flocos. 

Em uma vasilha coloque a maionese, o queijo ralado e misture até incorporar bem. 

Passe os filés sobre a mistura de maionese, em seguida pela farinha de milho triturada, deixe descansar mais alguns minutos e frite em uma frigideira com óleo bem quente. 

Escorra sobre papel toalha e sirva imediatamente.

Dica: Fica delicioso se servido com um molho barbecue.


terça-feira, setembro 03, 2013

TORTA DE BACALHAU CREMOSA

Torta de Bacalhau cremosa ou para melhor definir essa receita digo que é um bolinho de bacalhau desconstruído com a vantagem de ser assado e não frito. 



Ingredientes:

Para o Refogado da Massa:

3 colheres (sopa) de azeite
6 dentes de alho fatiados
1 pimentão vermelho pequeno picado

Para o Recheio:

400 gramas de requeijão tipo catupiry
1 xícara (chá) de azeitonas pretas picadas
1 pimenta dedo de moça picada e sem sementes

Para a Massa:

800 gramas de bacalhau cozido e desfiado
1 quilo de batatas cozidas e espremidas (ainda quentes)
½ quilo de mandioquinha cozida e espremida (ainda quente)
1 xícara (chá) de farinha de trigo
½ xícara (chá) de salsa picada
3 gemas de ovos
molho de pimenta a gosto
1 colher (café) de sal (se necessário)

Para a Cobertura:
1 ovo batido
100 gramas de parmesão ralado

Modo de preparo


Para o recheio, em uma vasilha misture o requeijão catupiri, a azeitona e a pimenta. Reserve.


Para a massa, aqueça uma panela com azeite e doure o bacalhau desfiado. Junte o pimentão vermelho e os dentes de alho laminados. Ajuste o sal. Em uma vasilha, misture a batata espremida com a mandioquinha espremida e adicione o bacalhau refogado, a farinha de trigo, a salsinha, as gemas e o molho de pimenta. Misture tudo com as mãos. Unte uma assadeira com azeite e coloque metade da massa de bacalhau. Disponha o recheio e cubra com o restante da massa. Alise com as costas de uma colher untada com azeite, pincele o ovo e cubra com o parmesão. Leve ao forno por aproximadamente 1 hora a 180ºC. Retire do forno desenforme e sirva.


Dicas: Cozinhe as batatas e as mandioquinhas no micro-ondas até ficarem macias. Desta maneira elas ficarão mais “sequinhas” e portanto, uma massa enxuta.

Com a massa de bacalhau com batatas, você pode também fazer o bolinho de bacalhau.

segunda-feira, setembro 02, 2013

HOMUS

Homus uma das especialidades árabes que eu mais gosto!!! Aliás acho que é a única maneira de introduzir o grão de bico na alimentação aqui em casa. Com uma fatia de pão árabe levemente grelhado na frigideira não precisa de mais nada!!! Eu particularmente abuso no alho....quanto mais ardidinha de alho fica a pasta, melhor!!!



Ingredientes:

250 gramas de grão de bico (meio pacote)
4 colheres de sopa de tahine
suco de 1 limão grande 
5 dentes de alho
1 colher de sobremesa de pimenta síria
sal a gosto

Modo de preparo:

Na panela de pressão cozinhe o grão de bico com água até cobrir. Deixe por uns 30 minutos ou até ficar macio. Guarde a água do cozimento você poderá precisar usar.

Depois de cozido escorra a água e coloque no processador por uns 2 minutos. 

Depois que já tiver processado bem misture o tahine, o suco de 1 limão, os dentes de alho e processe novamente. Nesse momento se você achar que a pasta está muito grossa coloque um pouco da água do cozimento e bata de novo. Use a quantidade necessária de água para que a pasta fique cremosa porém encorpada ainda, não pode ficar muito mole.

Tempere com a pimenta síria e acerte o sal.

Coloque sobre uma travessa e regue com azeite de boa qualidade.

Sirva com fatias de pão sírio levemente grelhados na frigideira só com azeite e sal.









ESFIHAS DE FRANGO COM CATUPIRY

Uma opção deliciosa para o lanche da noite....Esfihas de Frango com catupiry. A receita dessa massa fica ultra macia e o recheio bem molhadinho!!! Aproveite e faça nos dois formatos, fechada e aberta também.




Uma outra opção é fazer no formato aberta também.



Ingredientes:

300 ml de leite morno
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá de sal
1 envelope de fermento biológico seco
1/2 xícara de óleo
2 colheres de sopa de margarina
1 kg de farinha de trigo aproximadamente
1 ovo
gema para pincelar

Recheio:

500 g de peito de frango temperado a gosto, cozido e desfiado
1 cebola grande picadinha
2 colheres de sopa de manteiga 
2 envelopes de sazon (envelope verde para aves)
1 colher de chá rasa de colorau
Sal e pimenta a gosto
250 gramas de requeijão tipo Catupiry

Modo de preparo:

Amorne o leite, junte açúcar, o sal, o óleo, a margarina e misture o fermento. Incorpore a farinha devagar, mexendo com o garfo até onde conseguir. Continue incorporando a farinha até formar uma massa que não grude nos dedos.

Deixe descansar por 1 hora ou até dobrar de tamanho.

Cubra com filme plástico para massa crescer mais rápido, principalmente se for um dia frio.

Cozinhe o frango em um pouquinho de água com temperos de seu gosto, quando estiver cozido desfie e reserve.

Em uma panela doure a cebola na manteiga e coloque o frango desfiado, tempere com o sazón, o colorau, o sal e a pimenta do reino. Espere o recheio esfriar.
 
Abra a massa em rodelas pequenas pode ser um copo pra cortar e recheie com o catupiry e depois o frango, feche em forma de triângulo, pincele com o ovo batido unte uma forma e distribua-as com um espaço suficiente para que elas possam crescer.

Espere mais uns 20 minutos até elas crescerem um pouquinho.

Asse em forno à 180° até ficarem douradas.

Dica: aproveitei e fiz em dois formatos, fechada e aberta também.

Bom apetite.

BREVIDADE

Dica da tarde!!! Um mini bolinho Brevidade cai feito uma luva nessa tarde ensolarada acompanhado de um café fresquinho ou um chá mate gelado!!! Fofinho, macio e aerado....desmancha na boca!!!



Ingredientes:

2 colher(es) (sopa) de margarina culinária em temperatura ambiente
1/2 xícara de chá de açúcar
3 unidade(s) de ovo
2 xícara(s) (chá) de amido de milho
quanto baste de açúcar de confeiteiro para polvilhar

Modo de preparo:


Unte e enfarinhe 24 fôrmas para empada médias (6 cm de diâmetro) e reserve.
Preaqueça o forno em temperatura média (180°C).
Bata na batedeira a margarina culinária, o açúcar, os ovos e bata por 5 minutos ou até obter um creme esbranquiçado e consistente.
Desligue a batedeira, acrescente o amido de milho, misture até incorporar no creme e bata novamente até obter uma massa homogênea.
Distribua a massa nas fôrmas reservadas, de modo que sobre metade da altura da fôrma para as brevidades crescerem.
Leve ao forno por 15 minutos ou até que fiquem firmes. Desenforme ainda quente.
Polvilhe o açúcar de confeiteiro e coloque em forminhas de papel.
Se gostar, você pode acrescentar uma pitada de canela ou raspas de limão
DICA: Utilize a margarina em temperatura ambiente para facilitar o preparo da massa.


terça-feira, agosto 27, 2013

BOLO PÃO DE LÓ SEM GLÚTEN COM DOCE DE LEITE (RECEITA IDEAL PARA CELÍACOS)


Para quem não pode comer Glúten essa é uma ótima opção, e mesmo para quem pode, substituindo a farinha de trigo por fécula de batata em seus preparos. Esse bolo não deixa nada a desejar dos outros que levam farinha com Glúten!!!

                                                               Foto: Brasil no Prato

Para a massa:


Ovos, 10 unidades
Açúcar, 10 colheres (sopa)
Fécula de batata, 8 colheres (sopa)
Amido de milho, 4 colheres (sopa)
Essência de baunilha, 1 colher (chá)


Para o recheio:
Doce de leite cremoso, 500 g
Creme de leite fresco, 150 ml
Canela em pó, 2 colheres (chá)
Essência de baunilha, 2 colheres (chá)
Leite com baunilha para umedecer a massa, 250 ml
Crisps de chocolate belga para decorar, 150 g 
Modo de preparo:
Junte os ovos e o açúcar em um bowl de inox e leve ao fogo, a mais ou menos 38ºC, em banho-maria (mas sem tocar a água)mexendo sem parar até aquecer.
Retire do fogo e leve à batedeira até quadriplicar o volume. Peneirando e com a ajuda de uma espátula, incorpore a fécula e o amido, mexendo delicadamente. Acrescente, também, a baunilha.
Unte, então, uma assadeira redonda de 25 cm de diâmetro com manteiga e fécula. Despeje a massa e asse em forno preaquecido (170ºC) por cerca de 30 minutos ou até dourar e assar por dentro. Deixe esfriar.
Para o recheio:
Tempere o doce de leite com a canela, a baunilha e o creme de leite.
Abra a massa ao meio, umedeça a parte de baixo com metade do leite e espalhe metade do doce de leite temperado. Cubra com a outra parte da massa, regue com o leite que sobrou e finalize com o restante do doce de leite. Decore com os crisps de chocolate.
Obs. Leve à geladeira antes de servir.
Espero que gostem!!! Até mais...

ARROZ BRANCO SOLTINHO (SEGREDOS E TRUQUES)

Por que meu arroz empelota???

Com certeza cada um de vocês já se perguntou um dia qual o segredo de fazer com que o seu arroz do dia a dia fique soltinho!!! Já ouvimos de tudo...usar água quente....usar água fria...lavar o arroz ou não já que muitas marcas hoje em dia já diz na embalagem que não precisa lavar. Cada um encontra sua maneira de fazer que melhor se adapte, eu por exemplo tenho um costume, tenho uma panela única só para fazer o arroz, e ai de quem pegar pra usar para outra coisa, morro de ciúmes das minhas panelas, enfim....esse post é para tentar ajudar aqueles que ainda tem dúvidas e dificuldades!!!



Arroz contém grandes porções de amido em sua composição. E o amido tem a propriedade de gelatinizar em contato com a água. É essa reação físico-química que proporciona um feijão caldoso ou aquela textura de “chiclete” tão gostosa no pão de queijo, na tapioca, no sagú, no mingau – ou ainda o creme que se forma no risoto e no arroz doce.

Para conseguir um resultado sequinho, é preciso minimizar ao máximo o contato do amido com a água. (Essa história de que não precisa lavar o arroz só porque veio escrito na embalagem é balela) para isso:

1. Lave o arroz: todo arroz que não seja integral sofreu um polimento que retirou sua casca protetora e fibrosa, até chegar ao interior do grão, onde está a maioria do amido. Por isso arroz integral quase não gruda. Ao comprar um pacote de arroz branco, você pode ver uma “farinha” no fundo, que é resquício do polimento. A farinha de arroz tem enorme poder gelatinizante. Por isso, lave o arroz que for usar em água fria corrente até a água sair límpida e deixe-o escorrer por alguns minutos até que seque novamente. Não vale lavar todo o pacote e deixar guardado. Ao lavar, a proteção natural do arroz à contaminação é diminuída drasticamente. Sua validade, que é de meses, será reduzida a horas.

2. “Sele” os grãos: para minimizar o contato do amido com a água, refogue os grãos em alguma gordura bem quente, com o tempero que desejar. Fritar o arroz funciona como grelhar uma carne. A ideia é criar uma espécie de crosta, capaz de preservar a umidade e nutrientes internos, impedindo o transporte de substâncias entre o interior do alimento e o ambiente. No arroz, o calor acima de 150ºC queima parte do amido da superfície, anulando parte de suas propriedades. Além disso, o arroz refogado absorve menos água da cocção, ficando fino, branquinho, saboroso e al dente. Ao contrário, o arroz fica aguado: inchado, mole, translúcido, com menos sabor.

3. Não mexa!: após adicionar a água (pode ser fria ou quente; isso não afetará a produção de gelatina!), mexa o arroz o mínimo possível. O movimento com talheres acaba por quebrar alguns grãos, o que colocará o amido interno em contato com água. Se precisar mexer, use preferencialmente uma colher de pau ou de plástico e seja breve e gentil nos movimentos.

4. Deixe-o secar: quando o arroz estiver aparentemente sem água e quase no ponto, desligue, tampe a panela e espere alguns minutos antes de gelar ou servir. O calor da panela tratará de concluir a cocção, levando o arroz ao ponto ideal, e evaporar a umidade residual que estava grudada nos grãos quentes. Isso é fundamental para evitar que os grãos amoleçam, já que a crosta obtida no refogado não é capaz de resistir à hidratação prolongada. Ficando úmido, o arroz fará trocas de água e de amido com o ambiente, amolecendo por dentro e grudando for fora.

Se ao final do processo, os grãos parecem grudados, não se desespere: solte-os com a ajuda de uma colher de pau ou plástico ou sacuda a panela vigorosamente. Para intensificar o resultado soltinho, você pode adicionar uma pequena colher de margarina na hora que desligar o fogo ou quando aquecer o arroz. O óleo fará com que os grãos escorreguem entre si ao invés de grudarem. Lembre que geladeira e freezer são locais úmidos, por isso é provável que um arroz perfeito se transforme num bloco após gelado. Use o truque da margarina para aquecer e tampe sempre muito bem o recipiente onde for armazená-lo.

Espero que essas dicas ajude aqueles que tem dificuldade de fazer arroz!!! Até a próxima...

Beijus da Chris













sábado, agosto 24, 2013

TORTA DE BATATA COM CARNE MOÍDA

Fazia um tempo já que eu queria trazer ao Blog essa receita, que nada tem de sofisticada porém simples e deliciosa!!! É daqueles tipos de receitas de memória, a cada abocanhada a gente lembra da infância!!! Serve como um lanche da tarde, como prato principal também, e pra comer de manhã fria então (se sobrar até o dia seguinte né rsrsrs) . Hoje dedico essa receita a minha Comadre/Irmã Vilma Costa que amaaaaaaa qualquer tipo de torta que tenha recheio de carne moída!!!








Ingredientes:

Para a massa

1 kg de batata descascada e cortada em pedaços grandes
1 ovo
1 colher (sopa) de manteiga
250 gr de farinha de trigo (aproximadamente)
sal
1 gema para pincelar
parmesão ralado para polvilhar

Para o recheio

300 gr de carne moída
azeitonas fatiadas a gosto
ovos cozidos
salsicha e cebolinha picadas a gosto
azeite, cebola , alho a gosto para refogar 
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe as batatas até que fiquem macias e passe-as pelo espremedor. Coloque a manteiga, o ovo e o sal e vá mexendo a massa enquanto adiciona a farinha até obter uma massa que possa ser aberta na mão.
Divida a massa em duas partes (uma um pouquinho maior que a outra), pegue a porção menor e distribua-a uniformemente em um refratário untado e enfarinhado.
Para preparar o recheio numa panela, aqueça um pouco de azeite e frite um pouco de cebola com alho. Acrescente a carne moída, refogando-a muito bem e deixando que esta cozinhe até ter todo o seu caldo reduzido.Coloque as azeitonas e os ovos cozidos .
Distribua o recheio de carne moída. Cubra com a outra metade de massa (a maior), pincele com gema e salpique bastante parmesão ralado.






Leve ao forno médio, pré-aquecido, por cerca de 30 minutos.

Dicas de recheio: já fiz com frango e com atum também, ficou ótimo, aliás batata combina com praticamente tudo!!!

Bom apetite,
Beijus da Chris